Arquivo para 17 de maio de 2013

Eu não aguento a sua música

O problema não é o estilo da música que a pessoa ouve, afinal, tem gosto para tudo. O problema é a falta de respeito com o espaço público. Agora, por exemplo, estou no aeroporto de Brasília, que está com as salas de embarque lotadas, porque parece que Rio de Janeiro e Curitiba estão fechados devido ao clima. Então, um indivíduo sentado umas três fileiras distante da minha resolveu que todos temos que ouvir a música que ele gosta. E está lá com seu celular tocando música sem fone de ouvido.

Já vivenciei situações como esta várias vezes e em vários locais públicos, como metrô, ônibus e salas de espera. Fico sempre impressionada com a incapacidade das pessoas em respeitar o outro. Eu, por exemplo, estou aqui no meu computador desabafando sobre a atitude inconveniente do indivíduo logo ali, mas poderia estar ocupando meu tempo em alguma leitura, escrevendo um trabalho para a faculdade ou qualquer outro tipo de documento. Mas como é que eu iria me concentrar com essa musiquinha besta no meu ouvido?

No caso, nem é música que eu goste. Mas, ainda que eu gostasse, eu teria que ter o direito de escolher quando ouvir.

Quando vivencio essas situações sempre fico pensando que a pessoa não consegue viver em sociedade, porque se considera único no espaço. Esse individualismo neoliberal que se apropriou de nossas culturas e acabou de vez com o respeito ao próximo.

Então, eu me vejo pensando se há alguma atitude a ser tomada: fazer o mesmo? Ligar o meu som individual tocando alguma música bem diferente daquela que o indivíduo está ouvindo, para, quem sabe, ver se ele se manca? Não, porque eu estaria me igualando a ele. Abordar a pessoa e tentar argumentar sobre o direito que eu tenho de não ouvir nada e até dar o exemplo de que se todos resolvêssemos fazer o mesmo que ele, o espaço se transformaria num caos? Duvido que este tipo de gente compreenda algo assim só com explicação teórica, sem um gráfico e um vídeo ilustrativo.

Acho que me resta esperar todos os dias que o destino colabore e coloque o menor número possível de seres humanos no meu caminho.


placa Cabo da Boa Esperança

Digite seu endereço de e-mail para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

Junte-se aos outros seguidores de 175

maio 2013
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Tudo que já aguentamos por aqui

Sobre o que aguentamos