A dor do desaparecer

A perda de um ser que amamos causa muita dor e sofrimento. Mas são sentimentos com os quais aprendemos a lidar desde criança. Dói, até desespera, corrói por dentro, mas está baseado em uma certeza, em um fato. Alguém rompeu o relacionamento conosco, alguém faleceu, acabou.

O não saber, por outro lado, é desesperador. Um ser querido desaparecer é algo que racionalmente não conseguimos aceitar. Passamos a viver o sofrimento dos delírios que nosso cérebro​ produz involuntariamente​. Sem saber o que é daquele ser, ele passa a criar fantasias sobre o que pode ter ocorrido.

Desaparecido na Asa Norte, Brasília, Brunno Gomes Ribeiro

Desaparecido na Asa Norte, Brasília, Brunno Gomes Ribeiro

E é esta dor que toma conta desde o dia 30 de setembro de 2013 da família da minha querida amiga Patrícia Pires. O genro dela, Brunno Gomes Ribeiro, saiu de casa na Asa Norte, em Brasília, para ir algumas quadras adiante e não foi mais visto por ninguém.

O Brunno é o típico bom moço: cara família, que fica amigo dos amigos da sogra (tipo eu, assim!), que recebe a todos como se cada um fosse o mais importante, que tem o dom de acalmar seu dia, apenas por sorrir para você. É um cara do bem, esforçado no trabalho, competente no que faz e crente no ser humano. Talvez este tenha sido um problema e a crença de que todos fossem corretos e honestos como ele pode o ter colocado em maus lençóis. Também pode ter cansado da vida normal que tinha e como não fuma não pôde dizer que ia comprar um cigarro, simplesmente saiu para ir ali. Por outro lado, pode ter sofrido um acesso de amnésia, ter passado mal, batido a cabeça e perdido os sentidos. Pode estar vagando pelas ruas sem saber quem é e para onde voltar. Pode ter sofrido algum tipo de violência. Pode, pode, pode, maldito verbo que tudo permite à nossa criatividade.

Da minha parte, só sei que quando ele voltar, seja lá onde esteja, vou abraçar bem forte e ficar calma por poder ver de novo aquele sorriso tranquilo.

Se alguém tiver qualquer informação que possa ajudar a reencontrá-lo, por favor, informe por meio de mensagem aqui no blog ou comunique a polícia pelo telefone 190.

Uma dor desse tamanho, quem aguenta?

P. S.: De acordo com informações divulgadas pela Patrícia Pires no Facebook, no dia 5/10/13, o Brunno foi para São Luiz do Maranhão. “Uma pessoa que morou em Brasília e que conheceu o Brunno, ligou para a minha filha dizendo que ele tinha ligado dizendo que estava em São Luiz. Ela não mora em São Luiz mas no interior do Maranhão. A ligação caiu e não sabemos mais detalhes. … É um alívio sabermos que ele está vivo. Ninguém o viu ainda em São Luiz. Ele não ligou para a família e nem para a polícia como foi noticiado pela imprensa. Não temos nenhuma notícia de seu paradeiro, a não ser que ele pegou esse ônibus para São Luiz”, escreve a Patrícia no Facebook. Continua a torcida para que ele faça contato direto com a família e a tranquilize.

Anúncios

25 Responses to “A dor do desaparecer”


  1. 1 sanflosi 7 de outubro de 2013 às 22:16

    Hoje, 7/10/13, uma semana depois do desaparecimento, a delegada informou à família o fim do caso. Não houve crime, não houve violência, não houve perdas fatais e ele está fisicamente bem.

  2. 2 sanflosi 5 de outubro de 2013 às 10:16

    De acordo com informações divulgadas pela Patricia Pires no Facebook, no dia 5/10/13, o Brunno foi para São Luiz do Maranhão. “Uma pessoa que morou em Brasília e que conheceu o Brunno, ligou para a minha filha dizendo que ele tinha ligado dizendo que estava em São Luiz. Ela não mora em São Luiz mas no interior do Maranhão. A ligação caiu e não sabemos mais detalhes. … É um alívio sabermos que ele está vivo. Ninguém o viu ainda em São Luiz. Ele não ligou para a família e nem para a polícia como foi noticiado pela imprensa. Não temos nenhuma notícia de seu paradeiro, a não ser que ele pegou esse ônibus para São Luiz”, escreve Patrícia. Continua a torcida para que ele faça contato direto com a família e a tranquilize.

  3. 3 Maura Reja 4 de outubro de 2013 às 15:58

    Com essas notícias da mídia que não procede só aumenta ainda mais o sofrimento dos familiares e amigos.

    • 5 sanflosi 4 de outubro de 2013 às 8:23

      Magna, até o momento (sexta-feira, 4/10, às 8h25) esta é uma das diversas possibilidades com a qual a polícia está trabalhando. É verdade que é a mais provável, mas a família não confirma, nem tão pouco a polícia.
      Antes de acreditar em especulação da imprensa, vou aguardar a informação oficial da família para confirmar.
      Mas, se a polícia vier a confirmar, vai ser muito bom saber que ele está de verdade a salvo.
      Obrigada pela mensagem.

  4. 6 Nilson Louli 3 de outubro de 2013 às 22:36

    que Deus possa traze-lo , de volta

  5. 7 Eloisa 3 de outubro de 2013 às 21:23

    Estarei orando para que vcs o encontrem o mais ráqpido possível,peça a Deus com fé Ele dará forças para toda a família e o trara de volta..Confie em DEUS…

  6. 8 Angélica 3 de outubro de 2013 às 20:33

    Dor que conheço e que muito me fez sofrer. Pedindo muito a Deus que ele seja encontrado. Fé e força aos familiares e amigos.

  7. 9 Maura Reja 3 de outubro de 2013 às 8:10

    Quanto sofrimento dos dos familiares,parentes e amigos.
    estou orando Deus é fiel eu creio…

  8. 10 Suzane 3 de outubro de 2013 às 0:45

    Estou orando para encontrá-lo e tbm para todos que estão sofrendo !!!!

  9. 11 Mariah Socorro 2 de outubro de 2013 às 22:20

    Deus ha de trazer o Bruno ao convívio dos familiares e amigos.Hj mesmo irei colocá-lo em minhas orações.
    Alegrem-se com a vinda do Bruno…

  10. 12 lucineide pereira 2 de outubro de 2013 às 21:39

    Deus vai de encontro com esse jovem onde quer que ele esteja,nao sabemos o que aconteceu mas o Senhor sabe,pq tu es o Deus que ve e sabe de todas as coisas,dar forcas pra esses familiares em nome de Jesus…

  11. 14 Sandra Maria Pacce Zammmataro 2 de outubro de 2013 às 17:31

    Vocês encontraram Bruno em breve, confiem no Senhor, que tudo pode.

  12. 16 Helen Lima 2 de outubro de 2013 às 16:37

    Vamos ajudar divulgando o máximo possível e impossível. Será encontrado.

  13. 17 Lena 2 de outubro de 2013 às 16:20

    Jesus, só Ele com sua misericórdia para nos dar esperança. Orem com fé…Busquem… O Bruno aparecerá.

  14. 18 lika 2 de outubro de 2013 às 13:49

    que deus ajude a encontra-lo bem!!!

  15. 19 Julia Gomes 2 de outubro de 2013 às 12:22

    A dor do não saber é terrivel.Já passei por isso.Força!

  16. 21 Ellen Caliseo 2 de outubro de 2013 às 11:01

    Espero que ele apareça logo. A dor por não saber, deve ser pior que a dor da perda, de fato. Força para a família. Bjs!

  17. 22 nando aidos 2 de outubro de 2013 às 6:35

    Dor assim não dá para aguentar. É uma tortura de alma, é um delírio de imagens e conjeturas, nem sempre boas, sobre o que se passou ou está a passar com o ente querido. Meu coração está com essa gente boa que agora sofre. De longe não sei mais como ajudar.

  18. 23 Carlos 2 de outubro de 2013 às 0:30

    Meus sentimentos estão com vocês. Todos.

  19. 24 Lucia Agapito 1 de outubro de 2013 às 23:03

    Ninguém aguenta tantas incertezas com o que PODE ter acontecido, Sandra! Vamos espalhar e rogar que ele apareça. Força para a Patrícia e a Mônica!!!


  1. 1 O fim da incerteza | Quem aguenta? Trackback em 7 de outubro de 2013 às 22:11

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




placa Cabo da Boa Esperança

Digite seu endereço de e-mail para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

Junte-se a 174 outros seguidores

outubro 2013
S T Q Q S S D
« set   nov »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Tudo que já aguentamos por aqui

Sobre o que aguentamos

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: